quinta-feira, dezembro 7

Fc Porto x Arsenal

Fc Porto x Arsenal

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, mas podia ter garantido o primeiro lugar no grupo G

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões e a confirmação desse apuramento anunciado é quase tudo o que interessa reter do jogo de ontem, no Estádio do Dragão.

E só não é mesmo tudo por dois motivos essenciais: primeiro, porque Quaresma nunca ouviu falar em pactos de não agressão; depois, porque ainda está para nascer quem consiga convencer um argentino a respeitar qualquer pacto com ingleses, mesmo que sejam pactos surdos e mudos.

E, nem de propósito, o FC Porto tem dois argentinos no plantel. Ora, Lucho, Lisandro e, especialmente, Quaresma, foram o melhor do jogo de ontem à noite no Dragão que, por eles, não tinha acabado empatado.

Para sermos completamente justos, convém acrescentar à lista Raul Meireles e Bosingwa, menos exuberantes, mas raramente inconsequentes, e até a defesa portista em geral, que, por motivos óbvios, não pode ser acusada de não ter atacado o suficiente. Em boa verdade, o FC Porto foi a única equipa a tentar vencer o jogo de ontem.

Quando muito, os portistas podem ser acusados de se terem contentado com o empate, mas só muito perto do final desistiram completamente de procurar o primeiro lugar no grupo. O Arsenal, em contrapartida, fez figura de corpo presente.

A ausência de Van Persie no onze inicial dos londrinos fazia adivinhar uma equipa preocupada apenas em empatar. Empatar o jogo, empatar tempo, empatar os portistas, empatar, empatar. E empatou mesmo.

Empatou sem ter criado uma única oportunidade de golo e apesar dos calafrios provocados pelos dois remates de Quaresma que os postes da baliza de Lehmann devolveram, pelo que se pode dar por satisfeita. Para os portistas restam outras satisfações.

O apuramento para o grupo das 16 melhores equipas europeias e a certeza sublinhada pelo jogo de ontem de que podem olhar qualquer adversário nos olhos, por exemplo. Já não acontecia há algum tempo.

FC Porto 0 - Arsenal 0


estádio do Dragão
relvado bom estado
45 609 espectadores
Markus Merk [Alemanha]
Christian Scharäer + Heiner Müller
Jochen Drees

FC Porto
Treinador Jesualdo Ferreira

Fonte o Jogo

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

1 comentário:

strike disse...

até o árbitro acabou antes do tempo para acabar com a triste figura que era andar a jogar sempre para trás para passar o tempo......